paraosGrandes

Supply Chain é só para os grandes?

Jun 15, 2014

Atender clientes com qualidade e reduzir custos. Esses dois objetivos parecem comuns a qualquer negócio, grande ou pequeno. No Brasil, são mais de seis milhões de empresas e cerca de metade da receita que elas geram é gasta com a cadeia de suprimentos. Isso envolve custos como frete, embalagem, marketing, equipamentos, serviços, matérias-primas, obras e manutenção. Tais gastos ocorrem em pequenas, médias e grandes empresas. Mas por que ainda é considerado que se preocupar com a gestão da cadeia de suprimentos é algo para grandes corporações?

Somente 60.000 empresas brasileiras usam Sistemas de Planejamento de Recursos Empresariais(ERP). Isso corresponde a 1% do total de empresas do país. Deste grupo, apenas 1% usa soluções de tecnologia para suas cadeias de suprimentos. As grandes empresas são os principais usuários: 80% das melhores e mais brilhantes empresas usam soluções de gerenciamento da cadeia de suprimentos. Mas é importante destacar este fato: a redução de custos e ganhos de qualidade alcançados através da implementação de uma gestão focada em compras e logística são benéficas para empresas de qualquer tamanho.

As empresas existem para gerar lucros. Uma das melhores maneiras de fazer isso é entendendo que a burocracia e os processos consomem a maior parte dos seus recursos. Assim como as grandes organizações, as pequenas empresas estão sobrecarregadas com custos desnecessários, que não agregam valor ao produto final, nem produzem qualquer satisfação do cliente. Supply chain management tem o dever de identificar os custos e minimizá-los.

Algumas das ações através das quais as as pequenas empresas podem melhorar sua gestão da cadeia de suprimentos, são elas: aumentar a visibilidade das despesas, renegociação de contratos, adotar tecnologia adequada e conhecer melhor seus fornecedores. Qualquer empresa que presta a devida atenção à sua gestão da cadeia de suprimentos é capaz de alcançar uma maior produtividade operacional, ser mais eficiente e aumentar os lucros.